Você está aqui

5 erros de entrevistas que você nunca deve cometer

 
Se você já saiu de uma entrevista de emprego pensando, “eu poderia ter respondido aquela pergunta melhor do que eu respondi ”, então saiba que você não é o único. Mesmo pessoas com muitos anos de experiência e muitas habilidades, nem sempre sabem como se vender para os headhunters. Se você está procurando uma nova oportunidade de emprego ou tem uma entrevista por vir, é importante pensar sobre suas técnicas em uma entrevista. A melhor maneira de evitar os erros é ir sabendo o que falar e o que evitar.
 
Aqui estão os cinco maiores erros cometidos em entrevistas que devem ser evitados

 1. Negatividade

 
Graham Lucas, diretor regional da Michael Page Procurement & Supply Chain, diz que ser negativo sobre o seu trabalho atual é um dos erros mais comuns que os entrevistados cometem. Frustrações e conflitos surgem em todas as organizações e o entrevistador precisa saber se você pode gerenciar a si mesmo cada vez que acontecer algum tipo de frustração . Efetivamente ele vai querer saber como você se comportaria se isso acontecesse quando fizesse parte da empresa. Se ajudaria as pessoas a seguir em frente ou se seria uma influência negativa.

 2. Falta de confiança e habilidades interpessoais fracas

 
Barney Stupples, diretor de operações da Page Personnel Human Resources, diz que a falta de contato olho no olho, pouca confiança nas respostas e um aperto de mão fraco são erros típicos feitos pelos entrevistados. Na maioria das vezes suas habilidades são importantes mas é necessário fazer um esforço para estar seguro de si, mesmo quando você estiver nervoso.

 3. Falta de preparação

 
Liam Humphreys, diretor regional da Michael Page Buying & Merchandising, Design & Development and Retail, diz que um dos maiores erros que os candidatos cometem é não se preparar o suficiente para as entrevistas. Grandes candidatos valorizam a sua carreira e trabalham duro para gerenciá-la com sucesso. Não basta simplesmente entrar no site e ler algumas informações e achar que é o suficiente. É importante pesquisar a cultura da empresa, bem como os desafios que a empresa está enfrentando atualmente. Coisas interessantes importam e pessoas interessantes bem como perguntas bem feitas demonstram que você fez sua lição de casa e está levando a entrevista a sério. Saber as respostas de perguntas sobre a empresa irá garantir que você também está no caminho certo.

 4. ‘Nós’ ao invés de ‘Eu’

 
Dan Cole, diretor de operações da divisão de vendas da Michael Page, diz que um erro comum que ele percebe ao receber os feedbacks de clientes é que candidatos se referem aos seus sucessos sempre como algo feito por “nós” e não algo feito por “mim” . Isso pode deixar um entrevistador mais astuto com a impressão que o candidato está tomando o crédito por um projeto no qual ele teve uma  pequena participação e não algo que ele desenvolveu e pelo qual foi responsável.
 
A coisa mais importante é destacar de forma honesta suas realizações e qual foi seu papel em projetos de sucesso.

 5. Deixando a sua personalidade na porta

 
Lucia Knight, Associate Director da Page Executive, diz que neste mercado, existem muitos candidatos finalistas que, sem dúvida, são qualificados para desempenhar seu papel, mas o diferencial é quase inteiramente em torno do perfil, da personalidade e da capacidade de relacionamento com pessoas. Isto significa que inconscientemente ou conscientemente, você está sendo avaliado a partir do momento em que entra no prédio da entrevista. Se você é incapaz de construir um bom relacionamento com a pessoa que encontra na recepção, com quem faz o seu café e te entrevista, você já saiu perdendo. Um bom relacionamento com as pessoas que você pode vir a trabalhar e  o interesse sobre o negócio e a cultura organizacional é uma necessidade para qualquer entrevista de emprego.