Você está aqui

Como gerenciar o seu gestor

 
Como headdhunters, sabemos que grande parte dos pedidos de demissão estão mais relacionados à gestão do que a possíveis problemas na rotina de trabalho.
 
Se você ja passou pela experiência de ter uma má gestão, sabe que os maiores problemas envolvem a falta de comunicação, demandas e metas inatingíveis e pouco ou nenhum suporte.
 
De qualquer maneira, é preciso saber que a demissão não é a única saída quando você se encontra nesse tipo de situação. Você apenas precisa aprender a gerenciar o seu gestor.

 Gerenciando o seu Gestor

 
A maioria dos problemas dentro do ambiente de trabalho é causado pela falta de comunicação. Se você puder aumentar e melhorar a sua comunicação direta com seu chefe, você ja está no caminho para conquistar um bom relacionamento e com isso um ambiente de trabalho mais agradável.
 
A verdade é que a maioria dos gerentes poderiam se comunicar melhor com seus colaboradores, mas muitas vezes não possuem conhecimendo disso. Muitas vezes eles acreditam que suas expectativas e metas se replicam naturalemten à sua equipe, mas nem sempre isso acontece e muitas vezes as pessoas trabalham sem conhecer em que e para que estão trabalhando.  
 
Tente perguntar ao seu gestor sobre as informações que você deseja ter conhecimento. Mas seja cuidadoso para que isso não se torne uma experiência desagradável.  Grande parte dos gerentes ficam felizes quando seus funcionários demonstram interesse em conhecer mais sobre o mercado e onde eles podem melhor se enquadrar na empresa para contribuir cada vez mais. 
 
È aconselhável agendar doiretamente com ele um horario para que voces possam conversar e você possa explicar à ele o qeu deseja saber e onde deseja chegar. Muitas vezes a produtividade melhora com esse tipo de comunicação, o que beneficia o subordinado, o gerente e a empresa como um todo.
 
Essa melhoria no resultado pode motivar seu gerente a replicar esse trabalho de comunicação com toda a equipe, aumentando a sua proproa caparcidade de gerir pessoas.

 Lidando com conflitos relacionados ao gerenciamento do tempo

 
Agendar a reunião com seu gerente deve ser a sua primeira ação, independente do problema que esteja enfrentando, principalmente se ele exige entregas em prazos impossíveis de serem cumpridos. Caso isso esteja acontecendo com você, é provável que seu gestor não tenha conhecimento das atividades que você exerce em seu dia a dia. Use essa reunião para explicar todos os projetos em que você trabalha e quais tarefas levam mais tempo para executar e peça ajuda para priorizar suas demandas.
 
Sarah Scott, da Michael Page, afirma que as pessoas podem se suprpreender com a quantidade de gestores que não conhecem a rotina de seus funcionários. Essa situação pode ser bastante prejucidial para a motivação dos colaboradores, bem como para o bom andamento da área em questão. Caso você não se sinta suportado por seu gerente, tenha em mente que muitas vezes ele pode não ter consiciência dessa situação. Comece a conversa sugerindo que ele estabeleça algummas metas para você. A partir dai você podem discutir gradualemente a execução dessa metas e discutir prazos estabelecidos, até chegar na construção de um plano de carreira.

 Seu gestor é um bom ouvinte?

 
È comum o ouvirmos reclamações de gerentes que não sabem ouvir. Nesse caso a comunicação flui apenas em uma das direções. Caso você se encontre nessa situação, é importante sempre planejar o que você deseja falar antes da reunião començar. Faça um checklist com os principais pontos que você deseja aboradar e não deixe a reunião até ter falado sobre cada um deles e ter tido certeza de que realmente você foi ouvido. Além de facilitar na comunicação, isso também irá mostrar preparo e dedicação da sua parte. Após a reunião envie uma ata sobre o que foi discutido para que o conteúdo não se perca com o tempo.

 Adapte-se

 
E se mesmo após toda sas tentativas, nada mudar? Nesse caso, se você realmente quiser continuar a trabalhar nessa mesma empresa, você deverá se adaptar.
 
David McClelland, um dos mais conceituados pesquisadores sobre motivação e escritor do livro Motives, Personality and Society 1984, Human Motivation 1987, identifica como os três principais quesitos motivacionais:  relacionamento, poder e realização. Observe seu gerente e tente identificar qual o seu principal quesito motivador (todos nós possuimos três, em diferentes graus) que você saberá a melhor maneira de lidar com ele e onde e quando conseguir se fazer mais presente.
 
Por exemplo, se seu gestor é direcionado e motivado principalmente por realização dificilmente a gestão de pessoas será seu principal foco e as metas e resultados estarão no topo da sua lista. Caso ele tenha relacionamento como principal característica, o foco em pessoas será maior. Se ele for motivado pelo poder seja ainda mais cuidadoso ao se relacionar.
 
Saber lidar com seu gerente também irá depender do seu poder de adaptação. Você está disposto a aprender novas técnicas e priorizar atividades que normalmente não seriam seu principal foco? As vezes pode ser mais fácil encontrar uma nova posição à se adapatra a uma nova gestão. Apenas você poderá saber qual a melhor decisão a ser tomada no seu caso.
 
Se você acredita que a melhor decisão, é porcurar uma nova oportunidade, contate-nos para que possamos lhe ajudar.